quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Curso Técnico Superior Profissional em Riscos e Proteção Civil

A Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESA-IPVC) vai abrir no ano letivo 2018/2019 a segunda edição do Curso Técnico Superior Profissional em Riscos e Proteção Civil que visa dotar os Técnicos Superiores de competências gerais para i) a avaliação e gestão de riscos naturais e tecnológicos; e ii) a intervenção em situações de crise, emergência e segurança pública.

As competências específicas a adquirir no âmbito da avaliação de riscos naturais e tecnológicos, do planeamento de emergência, proteção civil e segurança pública são assegurados por metodologias de ensino eminentemente práticas e de aplicação em contexto de trabalho de acordo com o plano de estudos (em Anexo), um corpo docente academicamente qualificado que inclui profissionais experientes em diversas áreas dos riscos e proteção civil, e pelo alargado leque de parcerias com entidades de relevância regional e nacional nestes domínios, permitem uma formação de natureza profissionalizante numa área de trabalho com interesse e saídas profissionais crescentes, destacando-se:

  • Agentes de proteção civil (ANPC, PSP, GNR_SEPNA, Cruz Vermelha, ONG, IPSS); 
  • Departamentos de segurança de empresas privadas; 
  • Forças e agências de segurança, 
  • Companhias de seguros ambientais (peritos de avaliação de danos, valoração de prémios), 
  • Associações florestais (sapadores florestais), 
  • Empresas de projeto e desenvolvimento, produção e comercialização de equipamentos de segurança (indústria e comércio de produtos de segurança),
  • Serviços do estado (administração central e local, ANPC/CDOS e organismos públicos de investigação criminal), Autarquias e gabinetes/serviços municipais de proteção civil, ao nível local, regional e nacional,
  • Associações humanitárias de bombeiros/corpos de bombeiros profissionais e voluntários, 
  • Empresas que operem nas áreas da proteção civil (produção e comercialização de equipamentos e soluções tecnológicas) e Empresas que operem na área da higiene e segurança no trabalho (elaboração de medidas de autoproteção paraempresas/entidades),
  • Técnicos de proteção civil em agências e missões internacionais e 
  • Gabinetes de planeamento e gestão territorial (atividade no domínio do planeamento e ordenamento territorial, nas vertentes de prevenção de riscos e planos de emergência, planos distritais, planos municipais de emergência e proteção civil, planos externos deemergência, plano de ordenamento da orla costeira, entre outros). 

Este Curso Superior permite a inserção de jovens e a requalificação profissional de ativos e ainda, o ingresso dos diplomados nas licenciaturas do IPVC com dispensa de prova de ingresso sob um regime de equivalências de Unidades Curriculares previamente estabelecidos.

Para mais informação:

http://www.ipvc.pt/ctespcandidaturas

0 comentários:

Enviar um comentário